quinta-feira, 5 de maio de 2016

Exercício.


Durmo cerca de seis horas por dia - é por dia mesmo, não é por noite não, frequentemente me deito entre às 5h e às 6h, e durmo até mais ou menos o meio dia - e depois passo grande parte do período acordado no mesmo cômodo onde está a cama. Vulgo quarto, aqui (olá, estou aqui mozão) tem também o meu armário com roupas, materiais artísticos e outros trambolhos. Tem também a minha prateleira com livros, revistas e outros trambolhos. E tem também, bem do lado da janela, a minha mesa, onde ficam o meu computador (deus maior da existência desse trabalhador das palavras) e alguns trambolhos - coloquei a mesa do lado da janela para usar bem a luz do dia, mas o período com luz do sol que eu passo acordado os raios dele batem diretamente na tela do computador, que rebate em meus olhos que torna insuportável aproveitar a luz do dia. Se você sair do meu quarto e virar à esquerda, cerca de trinta centímetros ao lado da porta tem outra porta, veja só, é a porta do banheiro do andar de cima deste agradável sobrado. Trabalho bebendo muita água, e muito café, e muita (às vezes) coca-cola - acho que já falei sobre isso - e aí, por consequência, preciso urinar seguidas vezes ao longo do dia, de modo que o percurso mesa, quarto, esquerda, banheiro, privada, pia, e isso ao contrário para voltar ao quarto, é mais frequente do que imaginável. Bom, mas então ocorreu uma desgraça: a descarga desse banheiro quebrou. É um modelo de descarga daqueles cimentado na parede, parece que vai dar um trabalhão pra arrumar, vai sair caro, vai precisar chamar encanador essas coisas todas. Bom, como é um sobrado, e como tem um banheiro no andar de baixo, entre a escada da casa e a sala, passei a usar o banheiro "de baixo", de modo que o percurso mesa, quarto, esquerda, banheiro, privada, pia, agora se tornou mesa, quarto, porta, esquerda, corredor, direita, escada, direita, porta, banheiro, privada, pia, e depois isso tudo ao contrário. Confesso que, olhando sob o prisma de que eu ganhei algumas seções de exercícios físicos ao longo do dia, a coisa parece menos chata do que imaginável.
Verso 25.


Nenhum comentário: