sábado, 14 de maio de 2016

Emocionado.


"Vamos sair?". Sábado, nada mais óbvio do que receber essa proposta. Olhei para o cantinho inferior direito da tela do meu notebook, 18h50min, 14/05/2016. Bateu aquela insana dúvida: posso não posso tenho trabalho mas é sábado mas tenho trabalho mas tinha combinado de ter o final de semana livre mas o trabalho chama mas a primeira instituição a que devo respeito é a mim mesmo. Pensei por alguns instantes, e em nome da vida decidi dizer que sim claro vamos logo nessa porra dar rolê. Confesso também que pensei "porra hoje é o dia do verso 16, praticamente uma quinzena, menos de cinco dias para fechar a coisa para dar tempo de revisar e organizar tudo". Enquanto embromava para tomar um banho e sair "me distraí" trabalhando (e depois fazendo esse verso), e mexe daqui mexe de lá, quando vi havia seis documentos de word abertos. Mexe daqui mexe de lá, "e se eu passar esse trecho que parece deslocado no primeiro capítulo pro terceiro e organizar assim essa parte", me sentia como Deus O Todo Poderoso O Criador remexendo na lama para fazer o primeiro ser humano novamente. Parei, olhei pro esqueleto. Abri um sétimo arquivo de word, um relatório de 2014, depois abri o de 2015, e então retornei para o esqueleto recém alterado. Confesso que fiquei emocionado ao ver que dei conta de discutir tudo o que foi proposto. Como diz a canção - piegas, mas ainda assim uma canção a ser recordada - "vamos vencer".


Nenhum comentário: