quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Uma cena qualquer nesse cenário.


Tomando um copo de suco tóxico gelado,
Esperando um xixizinho quentesperto descer.
Um alarme estoura alardeante na rua,
Estouraram antes um vidro.
O tapete listrado aqui macio é gostoso,
O barulho do vidro estilhaçando no chão.
Desligam o alarme entre ofensas,
Outro gole ácido na geladez tóxica.
O xixi desceu quentesperto,
Devo agradecer por essa rotina?


Nenhum comentário: