segunda-feira, 26 de outubro de 2015

E mergulhou.


[Antes de ler, dê o play aqui, e então comece a ler].

Sei que é ousado, mas digo (de maneira pretensiosa) que estou ouvindo o som da sola dos seus dois pés batendo sobre a superfície da água em uma piscina de azulejos azuis fincada no meio de um chão gramado no meio de uma área arborizada que me lembra um lugar bonito onde já estive mas nem de longe é tão bonito assim. Bato os pés e não me canso por que a sensação é uma delícia, e o som é também prazeroso. Repetitiva e multiplamente prazeroso. E essa passarinhada que chegou em seguida? Chegou uma nuvem: centenas, talvez tenha um milhar. São coloridos, não são da mesma espécie nem nada do gênero - os especistas já foram dormir. É uma nuvem de pássaros distintos mesmo; é tipo naquele filme preto e branco clássico com urubus dentro da sala, mas aqui é diferente, eles são bem suaves e se dão super bem e cacete passarinho com dentes sorrindo eu nunca tinha visto. Cantam numa harmonia tão intensa que até parei de bater as solas dos pés na superfície d'água da piscina de azulejos azuis para ouvir apenas eles, e para observar os movimentos que realizam no céu me focando apenas nisso. E os pássaros fazem um revezamento muito bonito, olha essas cores todas fundindo no céu azul claro - como os azulejos da piscina e as asas daqueles pássaros que se separaram da rapaziada de asas pra emitir outros tons, outros temas, outras linhas no céu. Olho para a água e vejo as nuvens de passarinhos dispersos se refletindo nela. Que espetáculo essa piscina cheia, de água e de gente, e empolgação, todos batem os braços, riem animadamente, sorriem, estamos todos nos divertindo. Parece o tipo de cena que eu jamais achei que viveria ou o tipo de cena que nos vendem como ideal de felicidade em comerciais fajutos mas é mais. Não é possível esses passarinhos mergulhando fundo na água da piscina e se fundindo às pessoas e se tornando pessoas e as pessoas ganhando asas e alçando voos e retomando mergulhos; e não há papéis fixos nessa dança toda. Vou fazer uma pausa para registrar isso mentalmente como uma foto............. Pronto.



Nenhum comentário: