domingo, 5 de julho de 2015

Picardias Alcoólatras - Um.


Lembro que naquela noite você se aproximou do balcão do bar, nunca tinha me dirigido a palavra nem nada do tipo. Quer dizer, até tinha, mas nada de substancialmente relevante ou minimamente relevante em termos de fazer nascer pensamentos picardiosos. Pediu uma cerveja, uma garrafa mesmo, e lhe informei que os copos grandes haviam acabado. "Tudo bem", você disse, "mas tem desses menores, você quer quantos?", "dois". Após pegar os copos você encheu ambos. Achei aquilo curioso, pois você estava sozinha. Uma de suas mãos segurou a garrafa e um dos copos, a outra ergueu o outro copo e o moveu na minha direção: "vem beber e dançar comigo?". Não entendi, mas bebi e dancei e shalaialaia trululu berebereberebebe bububu ai ai ai ai ui ui ui.


Nenhum comentário: