quinta-feira, 18 de junho de 2015

Imensidão translucida.


-Você lembra?
-Do que exatamente?
-Você lembra?
-Do que?
-Em geral, você lembra?
-Lembro. Mas do que?
-Especificamente. . . . . . . . . .
-Do que?
-Daquele dia em que corremos muito.
-Corremos onde? Pra que?
-Pra pegar o ônibus.
-Lembro. Mas qual deles.
-Qual dia?
-Não, qual ônibus?
-Foram tantos né?
-Foram.
-Você lembra?
-Sim, lembro.


Nenhum comentário: