quarta-feira, 18 de junho de 2014

Sopinha Quentinha.


Breve relato de José Gomes Neto - XX:

"Estava em uma padaria, dessas novas, que tem aparecido com bufês de sopas e caldos. Quem vai nelas, na hora deles, adora sopas, e caldos. Você vê até jovens entrando e dizendo 'adoro sopas', e outros dizendo 'deliciosos caldos'. Outro dia observei um que dizia amar caldos. Tão logo deu a primeira colherada errada, sem tomar pelas beiradas, deu uma ligeira queimada na parte inferior da língua. Repousou a colher na mesa. Passou um guardanapo na boca. Se levantou dizendo: 'adoro caldos, mas não quero correr o risco de queimar minha língua novamente, por mais saboroso que possa ser, se há risco, não quero'. Pagou sua comanda. Deixou 4/5 de caldo na tigela. Foi embora".

José Gomes Neto,
25 de Julho de 2013,
Assopra a sopa.


Nenhum comentário: