terça-feira, 11 de março de 2014

Ninguém disse que seria fácil.


Breve relato de José Gomes Neto - XVII.

"Lembro que teve um ano que foi estranho, pois eu tinha muitas possibilidades de escolha para o próximo ano, o que acabou por configurar dois anos estranhos. No meu próximo ano letivo eu cursaria o colegial (que hoje chama ensino médio) e me falaram: você pode ficar aqui na cidade, e seguir no colégio em que está, sem muitas mudanças; pode tentar ingressar na escola técnica que tem aqui e já ir se profissionalizando; pode ir para a capital e trabalhar meio período para pagar uma escola por lá; ou ir para lá e estudar numa pública, sem ter que trabalhar. Todas as escolhas pareciam bacanas, uma podia ter mais luxo que as outras; uma ser mais trabalhosa que as outras; uma ser mais tranquila que as outras; e uma podia até ser mais cômoda que as outras. Mas a verdade é que pra nenhuma delas ninguém me disse que seria fácil - e, não sei por que, eu acreditei que uma delas poderia ser".

José Gomes Neto, 
22 de Abril de 2008,
Nunca é fácil.


Nenhum comentário: