terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Sem graça ou sabor.


Breve relato de José Gomes Neto - XVI:

"Não sou bom com piadas, nunca fui. Nos tempos de escola me fizeram acreditar que a piada, na verdade, era eu. Depois, quando inventei de frequentar faculdade, também. Nos empregos que tive e inclusive na lan house em que eu ia de vez em quando, era a mesma coisa. Não sei, talvez seja uma questão de humor, de ser mesmo um sem graça. Teve uma vez, já bem crescido e ciente da falta de tato para com as piadas que, mesmo assim, me coloquei a fazer uma - inconsequente e besta - sem graça, como todas as outras, como sempre fui. Infelizmente, às vezes uma piada ruim ressoa em um par de ouvidos (com filtros de má intenção logo à entrada) com mais veracidade do que a dedicação à verdade. Não sei, acho que por ser só um Zé sem graça eu não entendo porque pralguns uma piada ruim vale mais que uma verdade boa".

José Gomes Neto,
Sem graça nem sabor,
02 de Maio de 2012.


Nenhum comentário: