segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Prenúncios e Posfácios - Zero.


Vou embora. Esse era o plano, essa era a linha de trem em que eu queria embarcar e que agora aguardo apenas o vagão chegar. 
Quando cheguei o plano era viver, e ponto - "vai demorar pra passar" - e demorou, pois não "passou", simplesmente, foram vividos: gloriosos anos, diga-se de passagem.
Porém, conforme o som do trem que vai me levar se aproxima, nos últimos passeios e trajetos por aqui, dezenas de lembranças pipocam à mente. Da época em que todos esses espaços eram prenúncios das coisas que eu viveria, até agora, quando soam como posfácios de um período formador [e fantástico] que eu escolhi viver.

***

De certa (e audaciosa) forma, quero escrever breves e singelas memórias de locais, épocas, pessoas, momentos, enfim, muito do que envolve as vivências saboreadas nos últimos 6 anos, quando morei aqui em Marília, após ser aprovado no vestibular para cursar Ciências Sociais na Unesp e, de tabela, nesta cidade criar algumas residências.



Nenhum comentário: