terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Quem é Ana?


Breve relato de José Gomes Neto - XI:

"As coisas estavam mornas. Não aquele morno de cinema, aquele morno de cartório. Aquela falta de paixão. Aquele carinho que é áspero. Aquele sexo que é mero cumprimento da burocracia afirmativa do 'estamos juntos'. É. E então, nos encontramos mais uma vez. Jantamos mais uma vez. Já não estava tão legal. Nos gostamos, mas falta aquela explosão. Falta o rebite pros caminhoneiros dos nossos peitos. Sugeri uma pizzaria nova (pelo menos nisso buscar alguma mudança), e nela fomos bem recebidos. Inclusive, bem recebidos pela promoção de vinhos argentinos. Uma pizza, uma garrafa. Sugeri um motel diferente. Fomos. E, não sei ao certo por quê, ali (sob o olhar atento do espelho de teto) acabei por dizer um nome diferente: Ana. A tristeza também foi diferente. Correr para o banheiro, chamar um táxi, ir embora aos prantos. Nada do que eu disse adiantou - com razão. E até agora eu ainda não descobri quem é essa Ana, que chegou aos ouvidos de quem não mais me Ama, após pular da minha boca - em plena cama".

José Gomes Neto,
1 de Março de 2006,
Não conhece nenhuma Ana.



Nenhum comentário: