sábado, 20 de julho de 2013

Fim de Romance - VII.


-Olha, acabou tudo entre a gente.
-Como assim?
-Acabou ué, não tem mais volta.
-Mas assim, de repente?
-Não, já faz um tempo que as coisas tão esquisitinhas né?
-Faz, mas, mesmo assim...
-Não dá mais.
-Você fez alguma coisa?
-Que tipo de coisa?
-Você me traiu?
-Porra.
-Fala: você me traiu?
-Traí sim.
-Ai filho da puta! Sabia!
-É.
-Sabia que esse negócio de eu entrar em férias e ir viajar não ia dar certo.
-É.
-Porra! E eu ainda te levei comigo, você foi pra praia com a minha família, passou o ano novo com a gente e tudo. Como você pode ser tão cuzão? Como você pôde fazer isso comigo?
-Olha...
-Olha nada, não vem querer justificar nada...
-Não quero justificar, só sair fora.
-SAIR FORA? Seu desgraçado - tenta socar, tenta estapear, consegue só xingar.
-Calma.
-Quem foi? Me fala. Vai. Com quem foi? Ou foi mais de uma? Quem foi a vaca?
-Não adianta falar.
-Adianta sim!
-Não. Não vai mudar nada. Já fiz e vou sair fora.
-Ah mas não vai. Me fala! Quem foi? Foi mais de uma?
-É. Foi mais de uma sim.
-FILHO DA PUTA!!!
-Calma, calma. Para - segura os braços dela pra parar de apanhar - calma caralho!
-Então me fala. Foi aqui ou foi lá na tua cidade? Com aquelas putinhas que tem lá?
-Foi lá e aqui.
-Cara, que nojo. Credo. Que que eu fiz? - engasga nas próprias lágrimas - Eu te levei pra passar o ano novo com a minha família! Na nossa casa na praia! Na casa que meu pai construiu!!! Por que você fez isso comigo?!
-Olha, vamos acabar logo com isso. 
-Não, você ainda não me falou com quem, onde, como. E eu quero saber. Quero saber o que você fez com elas. De que jeito. EU TENHO QUE SABER!
-Foi na minha cidade e foi aqui.
-Não bastava ser só com uma não? Que nojo! Que nojo eu tô  de você, caralho!
-Você deixou a chave do seu apartamento pra eu cuidar dele...
-Ah não...
-Daí eu vim com uma menina aqui...
-Ah não...
-E a gente transou na sua cama.
-PORCO NOJENTO FILHO DA PUTA DESGRAÇADO CREDO VAI EMBORA SOME DAQUI MORRE!!!


Nenhum comentário: