quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Saia.

Na verdade, eu sou encantado por esse tipo de coisa.
E eu não disfarço; só desvio o olhar.
Não chega a ser disfarce; é só uma desviada.
Normalmente eu não digo nada.
Mas tem um martelo em minha cabeça.
Pregando com força a minha real opinião.
Mas pregando só pra mim, não sou pastor.
Tampouco sou rabino.
Muito menos uma judia ortodoxa.

Às vezes eu digo "fique".
Olho pra baixo, sorrio e então falo
(sem pregação, apenas uma vez):
"bela saia".

"pra que a mancha saia, é só colocar um pouco de farinha de trigo"


Nenhum comentário: