terça-feira, 5 de junho de 2012

Uma Foto - I.

[Sugiro que se leia ouvindo a música abaixo, até por que, escrevo ouvindo-a; certamente a leitura se encerrará antes da música, por favor, não interrompa a música]

Naquela Foto
Só dá para ver um de seus dois braços, 
o outro está encoberto pelo meu corpo, pois me abraçava.
O braço que se vê ergue uma garrafa, 
que você beija de olhos fechados.
Você beija de olhos fechados.
Não há nenhum luxo nesta imagem; 
exceto o momento.
Eu não estou bonito, 
mas estou, e isso me enche os olhos.
Chuva de Pr/A arte diz o/Suvinil.
De olhos fechados;
De olhos.

Void.

A propósito, não estou falando desta foto.





Um comentário:

Alex Arbarotti disse...

coisa linda! fiquei curiosos pela foto!