quinta-feira, 7 de junho de 2012

falta.

sinto
falta
mesmo
(e
isto
é
irrisório
ao
fim)
de
quando
estava
tudo
legal
e
nós
bradávamos
isso
para
nós
mesmos
de
uma
forma
tão
peculiar
e
tua
que
se
tornou
nossa.
sinto
falta
disso.



Um comentário:

pedro meinberg disse...

olha, dessas coisas que a gente, moleques, fazemos por aí e por aqui, esta é uma das melhores criações - que eu achei, é claro.