quarta-feira, 2 de maio de 2012

Algo sobre as ideias/criatividades.

Há algum tempo alguém me marcou no Feicebuque em um vídeo muito bacana sobre "o percurso das ideias", algo do gênero. É um vídeo bacana. Mas não vou o procurar agora, embora pudesse ser útil.
Posso precisar a vocês, que foi exatamente em Maio de 2009 (quando escrevi o pseudo roteiro deste pseudo vídeo clipe) que falei para mim mesmo que jamais trancaria nenhuma porta cerebral dentre as comportas da criatividade em mim existentes. Lembro-me de ter escrito nalguma folha, dalgum caderninho que sabia os caminhos para as minhas criações, e que jamais os negaria.
Era uma época criativa; aliás, nos últimos 7 anos olho para trás e não vejo nenhuma época 'acriativa' em minha vida. Nos melhores e nos piores momentos estive criando. Porcarias das mais diversas formas, tamanhos e cores.
Enfim.
Segunda feira, por volta das 17h30min, caminhando na direção da rodoviária, observei que minha sombra era alongada metros adiante de meus passos pelo por do sol. Achei bonito, filmei e comecei a 'criar' algo em cima daquela imagem.
Desta fui para outra, acessei sons, abri as janelas de outras referências, vivências, sabores.
As vivências e os sabores tem um peso exorbitante nestes caminhos das ideias e criatividades. Claro, não elas por elas mesmas, mas elas aliadas a tudo o mais que vem junto neste monte de tudo de que são cheios os dias. Construí uma ideia apenasmente criada em razão de um sabor, de uma vivência.
Olho para a ideia escrita e penso: "ah se eu não tivesse me submetido a viver isso, não teria esta ideia"; olho para o pré-produto da explosão de criatividade e penso: "ah se eu tivesse dado outro passo".
E tudo vale todas as penas.
Não posso negar criatividade, eu sou assim. Quem gosta de mim o faz justamente por isso.
E se eu não viver, se eu não criar, ninguém o fará por mim.
Simples.

6 comentários:

J.A.A disse...

Obrigada.

Gabriel Coiso disse...

De nada [mesmo sem entender].

J.A.A disse...

Vivificou muitas coisas! :)

pedro meinberg disse...

ai que linda a janina! rs...

Gabriel Coiso disse...

A Janaina é sempre linda.

J.A.A disse...

Huahuahu! Seus lindos!