segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Por quase um mês.

No dia 30 de Julho eu escrevi sobre minha antiga mochila; eu arrumava as bagagens para viajar de volta para casa [novamente]. E como foi difícil lhe dar adeus e simplesmente colocar as roupas, livros e tranqueiras noutra junção de panos, zíperes e alças.
Não completei um mês da troca de mochilas ainda, e já usei muito a nova. Não conheci nenhum estado ou país que não conhecia, pelo contrário, não precisei de muitos quilômetros para ter contato com coisas novas, pensamentos e rumos distintos dos até então cogitados.
E quando não estava zanzando entre cidades, nesta aqui eu não parava quieto.
Resultado: Agosto me cansou. E quanto prazer em um mês de extrema ação, intensas atividades e constantes (quase intermináveis) vais e vens, recheados e tão plenos de sentido para mim.
Isso tudo para dizer que no mês de aniversário deste blog, não tive tempo para ele.
Estrada, puramente.

2 comentários:

Alex Arbarotti disse...

cada vez mais menos tempo e assim segue a vida cheia de coisas e vazia de sentido!

pedro meinberg disse...

oportuno comentário do alex.