quarta-feira, 9 de março de 2011

A história não tem fim...


Pois foi no carnaval de 2005, nessa época eu já era chato, e estava para fazer 16 anos, acho que o carnaval caiu no primeiro final de semana de fevereiro. Na sexta feira fui à MTv assistir a gravação do Cover Nation com a banda Stunned - Silverchair Cover, e no sábado fiquei sozinho em casa, meus pais e minha irmã haviam ido até a casa de meus avós (não sei por que não fui com eles), e eu combinei de encontrar com a Any na galeria do roque para realizarmos um escambo: eu lhe daria um shaipe de squeite, pois eu não andava mais com as rodinhas, e ela me daria o cd A história não tem fim, do Dance Of Days, banda que ela não curtia mais.
eu e a any no topo do prédio do banespa, início de 2008.

O Dance eu estava curtindo desde o começo de 2004, em meados de Junho baixei várias músicas deles, mas sempre fui mão de vaca pra comprar cd, e só fui adquirir um via escambo, justamente com a Any.
De 2005 pra cá, como era de se esperar, muita coisa mudou: a Any foi para o Sul, voltou pra São Paulo; eu vim pro interiorzão; o Dance lançou uns 4 ou 5 cd´s. Mas agora, no final de semana que se passou, o do carnaval, eu e a Any nos encontramos em um camping; hoje eu fiz a faxina ouvindo o História não tem fim e o cantando.
Esfregando a pia do banheiro pensei: "realmente a história não tem fim: tantos aos bons amigos, quanto às boas artes".

Nenhum comentário: