sábado, 24 de outubro de 2009

Sexo Bundal.

Uma jovem mulher entrou na farmácia, aparentando tranquilidade, cumprimentou o farmacêutico com um singelo boa tarde e lhe revelou o motivo de estar lá naquela tarde:
-O meu marido quer fazer sexo anal comigo, mas eu não quero. Você tem alguma pomada anestésica para isso?
-Bem, tem o lubrificante...
-Com o lubrificante dói do mesmo jeito, eu queria um anestésico, por que ai ele fazia e eu não sentia dor.
-Acho que você deveria conversar com seu marido.
(...)

Este foi o relato de uma amiga, ela vivenciou a situação mas não pode presenciar o desfecho.
Eu apenas questionei: o marido, queria fazer sexo anal com ela ou com uma pequena porção de músculos anelarmente contraídos que se encontra na retaguarda do corpo da mulher?

Um comentário:

Fabi disse...

Complicado. Não queria ter sido eu a ouvir esta mulher. Estupros concedidos...