segunda-feira, 10 de novembro de 2008

A casa do conhecimento

Cá estou eu, na casa do conhecimento, aonde entram apenas vinte por cento da população brasileira e de onde saem como "filhos pródigos" apenas dez por cento desta (algo em torno disso). Estou na casa do conhecimento, e me pergunto, sob quais circunstâncias sairei daqui?
Eu gosto, eu gosto, gosto mesmo, e isto não é mantra para que eu me faça acreditar que gosto, eu gosto. Mas estou cansado, merda, já?
Integralismo, você sabe o que é o integralismo? Eu sei, eu gosto de saber o que já sabia, e gosto mais ainda de saber tudo o que estou aprendendo aqui, por conta própria, para elaborar um trabalho.
(Mas, enfim, privo-me de um comentário e parto para outro).
Rousseau me falou que ao estado que não sabe se renovar, cabe um fim que lhe é iminente,
Maquiável veio me dizer que ao estado que pretende vencer guerras, não cabe o emprego de tropas mercenárias,
A guerra nos é ievitável (estados são compostos por humanos),
E eu sou mercenário.

www.tramavirtual.com.br/coiso

Nenhum comentário: