terça-feira, 7 de outubro de 2008

Será amor?

Não que eu acredite em "provas de amor", em formas mais sinceras, corretas ou valorosas de se dizer "eu te amo". De fato, não acredito que um pode amar mais ou menos do que outro. No decorrer da vida aprendi que, ou se ama, ou não se ama. Mas voltemos à questão das provas de amor.
Simplesmente por que, na frente do tal do 'seu tubo' questiono-me e confirmo a mim mesmo o interesse de trazer meu grande (e talvez mais manipulado) amor para dentro da universidade e das letras teóricas das ciências sociais.
Não sei, deu vontade de expor esta vontade.

http://www.tramavirtual.com.br/coiso

Nenhum comentário: